Quinta-Feira, 21 Junho de 2018 RSS
 
Página inicial Mapa do Portal Contacte-nos
SIG Caminha

Galeria de Fotos

Galeria de Vídeos

biblioteca

 
 
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Requalificação do Nó da Erva Verde inaugurado hoje com a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais
CÂMARA VAI AVANÇAR COM PROJETO PAISAGÍSTICO  PARA A ENCOSTA DA LUDOTECA
CÂMARA VAI AVANÇAR COM PROJETO PAISAGÍSTICO PARA A ENCOSTA DA LUDOTECA
Imprimir Enviar Partilhar
CÂMARA VAI AVANÇAR COM PROJETO PAISAGÍSTICO PARA A ENCOSTA DA LUDOTECA
Política | 2017-12-14

Decorreu esta manhã a inauguração da empreitada requalificação do Nó da Erva Verde, em Vila Praia de Âncora, uma intervenção estruturante de quase 700 mil euros, verba assumida por inteiro pela Câmara Municipal. “É uma obra importante para Vila Praia de Âncora, para o concelho de Caminha, mas também é importante para a nossa dinâmica de desenvolvimento. Está, por isso, cumprida mais uma etapa nesta imensa caminhada de desenvolvimento que temos vindo a fazer em Vila Praia de Âncora e no Nó da Erva Verde, mas não está terminada. O próximo desafio é avançarmos já no ano 2018 com um projeto de requalificação paisagística de toda esta encosta da Ludoteca de modo a podermos valorizar a nova entrada que foi feita com esta intervenção”, realçou o presidente da Câmara.


A cerimónia de inauguração contou com a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, que realçou o facto de este ser um investimento feito na íntegra pela Câmara Municipal: “é de enaltecer. É uma obra com expressão económica, são 700 mil euros, perto de um milhão de euros e foi feita integralmente com verbas do orçamento da Câmara Municipal, que é uma coisa cada vez menos frequente, na atividade da Câmara Municipal. Hoje em dia, as câmaras municipais fazem essencialmente obras comparticipadas. Portanto é de enaltecer”.


A requalificação do Nó da Erva Verde foi uma intervenção de grande envergadura numa zona central de Vila Praia de Âncora. Era uma zona degradada, marcada por deficiências a vários níveis, incluindo as infraestruturas básicas. Com esta intervenção “temos sobretudo uma verdadeira revolução subterrânea neste espaço. O que aconteceu aqui está a acompanhar um esforço daquilo que temos vindo a fazer nos últimos anos em Vila Praia de Âncora”, sublinhou o presidente da Câmara.


Miguel Alves elencou o que se tem feito na Vila ao nível da revolução subterrânea que está a acontecer em Vila Praia de Âncora: “as intervenções feitas na parte alta da freguesia com o saneamento, resolvendo muitas questões; a intervenção que foi feita na Avenida Ramos Pereira, também de condução de águas pluviais; a intervenção na rotunda da Cruz Velha; a execução da bacia de retenção; a intervenção que vai avançar já no início do ano para a requalificação da Sandia e da Vista Alegre”.


Sobre a importância desta obra para o concelho, o Secretário de Estado assegurou: “esta obra representa aquilo que se pretende de uma autarquia, que é ter territórios cada vez mais atrativos, isto é, termos territórios para recebermos cada vez mais pessoas. As empresas e as escolas não vêm para os territórios, se eles não tiverem as infraestruturas necessárias. Sem qualidade urbana, não temos territórios atrativos e no caso concreto de Vila Praia de Âncora isso é fundamental. Esta obra é uma obra de atratividade a novas pessoas, a novos empreendimentos e para satisfação das próprias pessoas que cá estão”.


Na realidade esta obra a estruturante vai trazer muitos benefícios à população de Vila Praia de Âncora. Recorda-se que, esta era uma zona que se encontrava degradada e pouco funcional, no que respeitava à desorganização viária, ao desgaste de pavimentos, tanto dos passeios como das vias de circulação. Esta zona ainda apresentava deficiências ao nível de infraestruturas de águas pluviais e carência de bolsas de estacionamento.


Agora, as melhorias são muitas: foi eliminado o conflito existente nas ligações entre a Rua Miguel Bombarda, a Rua Lourenço Rocha e a EN13, procedendo-se à hierarquização das redes viárias; previu-se a promoção da acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada através da definição de percursos pedonais e criação de passadeiras sobre-elevadas, niveladas com os passeios, inibidoras de velocidade, de forma a promover e garantir a travessia das vias existentes sem barreiras arquitetónicas e em segurança e, ainda,  foi criada uma nova entrada para a Ludoteca/Biblioteca de Vila Praia de Âncora. Ao nível das águas pluviais foram requalificadas as infraestruturas existentes e adaptadas ao novo arranjo urbanístico, bem como, se construiu uma nova galeria hidráulica, com grande capacidade de escoamento.

 
Notícias da mesma categoria
METADE DA REDE DE SANEAMENTO DE VILAR DE MOUROS JÁ ESTÁ INSTALADA
2018-06-15
Ponte de Lima acolhe sessão informativa sobre IFFRU 2020
2018-06-18
FIBRA ÓTICA VAI SER ALARGADA ÀS FREGUESIAS DE VILAR DE MOUROS E ARGELA
2018-06-12
MIGUEL ALVES ELEITO PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DO NORTE
2018-05-22
CONVÍVIO COM MÚSICA AO VIVO PROMETE AJUDAR ANIMAIS ABANDONADOS
2018-05-21
 
 
mais notícias »
 
Vídeo em destaque
Mais Vídeos
 
Calendário
Agenda cultural
"QUERO IR PRÁ ILHA” - Teatro
2018-06-15
FESTA DE SANTO ANTÓNIO DE CAMINHA
2018-06-15
42º ANIVERSÁRIO DO GRUPO ETNOGRÁFICO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA
2018-06-16
ARRAIAL DE SANTO ANTÓNIO EM VILA PRAIA DE ÂNCORA
2018-06-16
ARRAIAL DE SANTO ANTÓNIO EM LANHELAS
2018-06-16
Newsletters e SMS's

Newsletter

Água e Saneamento
Agua

Município na rede

facebook youtube  Twitter

Município de Caminha-2009, Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade e Segurança | Ficha Técnica
Valimar P.O.C. Valimar