Quinta-Feira, 18 Janeiro de 2018 RSS
 
Página inicial Mapa do Portal Contacte-nos
SIG Caminha

Galeria de Fotos

Galeria de Vídeos

biblioteca

 
 
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Valor da intervenção ultrapassa os 500 mil euros
CÂMARA APRESENTOU CANDIDATURA PARA REQUALIFICAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA FRENTE RIBEIRINHA DE CAMINHA
CÂMARA APRESENTOU CANDIDATURA PARA REQUALIFICAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA FRENTE RIBEIRINHA DE CAMINHA
Imprimir Enviar Partilhar
CÂMARA APRESENTOU CANDIDATURA PARA REQUALIFICAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA FRENTE RIBEIRINHA DE CAMINHA
Política | 2018-01-05

A Câmara Municipal apresentou uma candidatura ao Programa Operacional Regional Norte - NORTE2020 para a Requalificação e Revitalização da Frente Ribeirinha de Caminha. O valor da obra ultrapassa ligeiramente o meio milhão de euros e vem complementar o trabalho que já está a ser executado na Marginal da Vila.

"O processo de transformação da marginal de Caminha segue o seu curso. A obra do novo Cais dos Pescadores continua a bom ritmo, o desassoreamento vai permitir uma melhor navegabilidade, agora avançamos para a candidatura da ecovia que vai unir o Coura à Foz do Minho", explica o presidente da Câmara.

O projeto enquadra-se na vertente de Mobilidade Urbana Sustentável, do Programa Operacional Regional Norte - NORTE2020. A candidatura para a Requalificação e Revitalização da Frente Ribeirinha de Caminha corresponde a uma operação que consiste na realização de uma empreitada na marginal/frente ribeirinha da Vila de Caminha, criando uma via de circulação para peões e bicicletas, articulada com os parques existentes nos topos da área de intervenção e ainda com áreas que possam constituir-se como interfaces de transportes.

O objetivo principal é promover o modo de circulação pedonal e ciclável e dessa forma reduzir as emissões de gases com efeito estufa e reduzir o consumo energético no domínio da mobilidade urbana. O custo total da candidatura é de 528 842,72 €, sendo o valor elegível de 498 908,23 €. 

Miguel Alves está otimista: "temos muita expetativa de conseguir este financiamento, que é parte do que precisamos para poder fazer um novo percurso junto ao estuário do Minho. Vamos confiar e aguardar pela resposta, de modo a podermos, depois, avançar com os procedimentos concursais para concretização da obra. Paulatinamente, vamos construindo o futuro da nossa marginal".

Recorde-se que a intenção de submeter esta candidatura foi anunciada pelo presidente da Câmara em dezembro último, durante a visita do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, às obras de Modernização do Cais dos Pescadores e de Alimentação Artificial dos sistemas dunares do Camarido e Moledo. Miguel Alves sublinhou a importância da construção de mais uma ecovia no concelho de Caminha, desta vez na marginal, desde a ponta norte, junto ao Posto Náutico do Sporting Club Caminhense, até à Foz do Minho.
 
Notícias da mesma categoria
CÂMARA PROTEGE FREGUESIAS E ANTECIPA VALOR DAS RECEITAS CORRENTES
2018-01-18
CÂMARA PREVÊ ELEVAR INVESTIMENTO AOS 6,5 MILHÕES DE EUROS ESTE ANO
2018-01-17
GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO PARA 2018 NA AGENDA DA REUNIÃO DO EXECUTIVO
2018-01-16
ARGELA RECEBE PRIMEIRA REUNIÃO DESCENTRALIZADA DE 2018
2018-01-16
CIM ALTO MINHO LANÇA CONCURSO “START ME UP ALTO MINHO”
2018-01-09
 
 
mais notícias »
 
Vídeo em destaque
Mais Vídeos
 
Calendário
Agenda cultural
Exposição: CORPORAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE VILA PRAIA DE ÂNCORA
2018-01-07 até 2018-02-10
EXPOSIÇÃO RETROSPETIVA 2017
2018-01-13 até 2018-03-25
CAMPANHA “RAPA PRATOS”
2018-01-15 até 2018-01-19
LAMPREIA DO RIO MINHO – UM PRATO DE EXCELÊNCIA
2018-01-15 até 2018-04-15
Newsletters e SMS's

Newsletter

Água e Saneamento
Agua

Município na rede

facebook youtube  Twitter

Município de Caminha-2009, Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade e Segurança | Ficha Técnica
Valimar P.O.C. Valimar