Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Cividade de Âncora

Dsc 0296 1 1024 2500

Fortificação atribuída aos sécs. II e I a.C., é uma das estações mais significativas da cultura castreja, representando um núcleo habitacional com caraterística bem definidas.

Situada numa elevação montanhosa na margem esquerda do rio Âncora e circuitada por três muralhas, de que ainda estão aparentes diversos lanços, embora pouco salientes do solo. Construída na proto-história, para utilização militar e residencial, sendo nos tempos que correm um marco histórico-cultural. Trata-se das ruínas de um povoado fortificado de duas linhas de muralha defensivas, com vestígios de ocupação romana.

As escavações arqueológicas feitas neste local por Christopher Hawkes, Francisco Martins Sarmento, Abel Viana e Armando Coelho demonstram o ordenamento do espaço urbano patente nas suas estruturas defensivas e de serviços públicos e, ainda, uma forte organização do sistema de reprodução e de metalurgia do ferro.

Parte do valioso espólio extraído nessas escavações pode ser admirado no Museu Municipal de Caminha.

R. da Cividade

4910-020 Âncora