Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Instalações do Centro Cultural e Desportivo Ancorense beneficiam do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas

Assinatura de protocolo  2  1 1024 2500
27 Setembro 2018

O Centro Cultural e Desportivo Ancorense vai beneficiar do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID). Em cerimónia presidida pelo ministro da Educação, Desporto e Juventude, Tiago Brandão Rodrigues, foi assinado, em Viana do Castelo, o contrato entre o Centro Cultural e Desportivo Ancorense e o Instituto Português do Desporto e da Juventude.


O PRID visa promover a modernização e reabilitação do parque desportivo dos clubes e das associações de base local, sendo um dos eixos prioritários do Governo. O Ancorense foi um dos contemplados, estando a Câmara Municipal de Caminha orgulhosa do trabalho efetuado junto do IPDJ para que esta infraestrutura desportiva pudesse ser requalificada, prestando um ainda melhor serviço ao desporto e aos atletas do nosso concelho.


Para o vereador do Desporto, Rui Lages, “é fundamental que o Estado aposte na requalificação das infraestruturas locais que em muito contribuem para o desenvolvimento desportivo e pessoal dos jovens atletas do nosso concelho. Hoje, mais que nunca, é fundamental apostar numa política de desporto inclusivo, fomentando a prática desportiva e o estilo de vida saudável. E isso só será possível se tivermos as nossas infraestruturas aptas a acolher estes desafios”.


Já a direção do Ancorense afirma que o protocolo vai assegurar a evolução desejada, de uma forma sustentada. “É um princípio para continuarmos o nosso crescimento – o caminho faz-se caminhando”, refere o vice-presidente, Paulino Gomes.


O responsável explica ainda que haverá duas fases de intervenção. A primeira, concentrada no pavilhão desportivo, permitirá uma limpeza geral, colocação de piso sintético e substituição e melhoramento da iluminação, que passará a fazer-se por tecnologia led.
Na segunda fase serão abrangidos os balneários. Genericamente, diz ainda Paulino Gomes, serão melhoradas as condições quer para a prática desportiva quer para o acolhimento do público.


“Esta é uma parceria virtuosa em que todos ficamos a ganhar: Estado, Câmara Municipal e Clubes locais”, conclui Rui Lages.