Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Concurso da Escola Secundária de Caminha com três propostas válidas

Escola 1 1024 2500
15 Fevereiro 2019

Subida da comparticipação municipal para 1.2 milhões foi decisiva para a continuidade desta empreitada

O prazo de apresentação de propostas para a realização da empreitada de requalificação da Escola Secundária Sidónio Pais, em Caminha, terminou no passado sábado com 13 propostas submetidas sendo que três delas foram admitidas a concurso. As empresas concorrentes são portuguesas e da região e as suas propostas vão agora ser analisadas pelo júri do concurso que terá que produzir relatório preliminar, a audiência prévia dos interessados e o relatório final de modo a submeter decisão final à Câmara Municipal.


Findo este procedimento, que se pode estender pelos próximos 60 dias, serão recolhidos a documentação do empreiteiro e assinado o contrato que, dado o valor em causa, sempre terá que ser submetido ao Tribunal de Contas. Recorde-se que o valor base definido para o concurso foi de 3.5 milhões de euros e que o financiamento comunitário não cobre a sua totalidade. Para se poder chegar a este valor, foi decisivo o esforço do Município, que se compromete a investir 1.2 milhões de euros do orçamento municipal.


Para Miguel Alves, “apesar da satisfação pelo aparecimento de propostas, o tempo é ainda de muito trabalho. Os procedimentos e a submissão a visto do Tribunal de Contas vão levar a burocracia até às férias de verão mas hoje estamos melhor do que estávamos há alguns dias. É verdade que temos que investir, a expensas próprias, mais de um milhão de euros mas este é um esforço que o futuro da nossa terra justifica. Teremos que cortar noutras despesas, não há volta a dar”.