Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Quatro centenas de crianças visitam Serralves onde participam em projeto educativo

1 1 1024 2500
19 Março 2019

Cerca de 400 alunos do pré-escolar e 1º ciclo do Agrupamentos de Escolas Sidónio Pais estão a participar, de forma gratuita, no projeto Con(s)CienciArte, uma iniciativa dirigida para os municípios fundadores da Fundação de Serralves, da região Norte, como é o caso de Caminha. A Câmara Municipal garante ainda o transporte a todos os alunos. A semana passada a vereadora com o pelouro da Educação, Liliana Ribeiro, acompanhou algumas turmas da EB1 de Caminha e participou nas atividades.


Trata-se de uma oportunidade que os alunos do concelho de Caminha têm, fruto da adesão da Câmara de Caminha ao Estatuto de Fundador de Serralves. Prevê-se que, até ao final do período letivo, cerca de 400 crianças do pré-escolar e 1º ciclo do Agrupamentos de Escolas Sidónio Pais participem no projeto supramencionado. O projeto Con(s)CienciArte desenvolve-se no domínio das ciências e das artes, e engloba os seguintes eixos de intervenção: Ciência, Ambiente e Cidadania e Arte, Cultura e Criatividade. Este projeto abrange 34 atividades. Os alunos do concelho de Caminha estão a usufruir de várias oficinas, com destaque para ‘Livrinhos para semear’; ‘Viagem para a pela alquimia das plantas’; ‘O sol cozinheiro’; ‘O meu primo é peixe?’; ‘Quem mora na quinta’; ‘Conhecer a atmosfera, compreender o clima’, entre outras.


Recorda-se que o Município de Caminha aderiu Conselho de Fundadores da Fundação de Serralves, através da celebração de um protocolo, com vista a proporcionar aos caminhenses uma oportunidade de ampliar os seus hábitos culturais e um contacto mais próximo com as manifestações artísticas e os criadores portugueses e estrangeiros de maior relevância, de acordo com critérios de qualidade e rigor. De facto, enquanto Fundadora de Serralves, a Autarquia está a desenvolver um conjunto de iniciativas que promovem a cultura contemporânea e a sensibilização ambiental na área das suas atribuições institucionais, bem como está a beneficiar das competências especializadas da Fundação de Serralves. As exposições que têm estado patentes nos diversos espaços culturais do Município e, agora, a participação dos alunos do concelho no projeto Con(s)CienciArte são prova disso mesmo.