Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

“Um livro, uma conversa e às vezes um filme” junta em Caminha João Luis Barreto Guimarães, Manuel Sobrinho Simões e Francisco José Viegas

Luis sobrinho simoes 1 1024 2500
Francisco jose viegas 1 1024 2500
07 Maio 2019

“Um livro, uma conversa e às vezes um filme” apresenta sexta-feira o livro “O Tempo Avança por Sílabas”, de João Luis Barreto Guimarães, apresentado por Francisco José Viegas. A conversa será moderada por Manuel Sobrinho Simões. A sessão decorre na Biblioteca Municipal de Caminha, pelas 18H30.

Esta segunda edição de “Um livro, uma conversa e às vezes um filme” junta em Caminha nomes bem conhecidos dos caminhenses, e que de alguma forma têm fortes ligações ao concelho, como são os casos de João Luís Barreto Guimarães e Manuel Sobrinho Simões. Poeta e tradutor, João Luís Barreto Guimarães divide o seu tempo entre Leça da Palmeira e Venade. “O Tempo Avança por Sílabas” reúne cem poemas selecionados pelo autor, dos dez livros que publicou até ao momento. O médico e investigador, Manuel Sobrinho Simões, e também o moderador desta iniciativa, é visita assídua no concelho.


A decorrer nas Bibliotecas de Caminha e de Vila Praia de Âncora, “Um livro, uma conversa e às vezes um filme” ainda vai trazer ao concelho Álvaro Domingues, com o livro “A Rua da Estrada” e Alexandre Alves Costa e Graça Castanheira; Júlio Machado de Vaz com o livro “O Amor é: Para Memória Futura” e Francisco Guedes de Carvalho; Frei Bento Domingues com o livro “A Religião dos Portugueses” e Nuno Brandão Costa com o livro “São João de Deus” e Sérgio Fernández.


Esta iniciativa é organizada pelos Amigos da Rede de Bibliotecas de Caminha e pela Câmara Municipal de Caminha.


É de referir que os Amigos da Rede de Bibliotecas de Caminha (RBC) tornam-se leitores inscritos nas bibliotecas do concelho de Caminha. O estatuto de Amigo da RBC é formalizado através do preenchimento de um formulário, (com os dados biográficos essenciais e contactos) e da oferta de um livro que reverterá para a coleção da Biblioteca Municipal. A participação no grupo de Amigos da RBC é voluntária, exclui qualquer compensação e cessará no momento em que o Amigo assim o desejar. Através da sua ação, os Amigos RBC pretendem contribuir, de modo particular, para o desenvolvimento das competências e serviços das mesmas e, genericamente, para o progresso cultural da comunidade que estas servem.