Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Cerca de metade da população com idade igual ou superior a 65 anos já foi vacinada contra a gripe sazonal

Cerca de metade da população com idade igual ou superior a 65 anos já foi vacinada contra a gripe...
17 Novembro 2020

Campanha é descentralizada e gratuita e decorre até 20 de dezembro

A Campanha de Prevenção da Gripe Sazonal, dirigida às pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, está a ter uma grande adesão no concelho de Caminha. A iniciativa decorre desde 19 de outubro e prolonga-se até 20 de dezembro, mas nesta altura cerca de metade da população sénior já foi vacinada. A vacina é gratuita.
A Câmara Municipal de Caminha, as Juntas de Freguesia e a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) estão a desenvolver, sem quaisquer custos para esta população, a Campanha de Prevenção da Gripe Sazonal dirigida às pessoas com idade igual ou superior a 65 anos. O propósito é descentralizar a vacinação, ou seja, simplificar procedimentos e fazer com que os munícipes recebam a sua vacinação em segurança, sem terem necessidade de se deslocar aos Centros de Saúde de Caminha ou de Vila Praia de Âncora.
Os números oficiais mostram que, até ao passado dia 11 de novembro, 45% da nossa população sénior (2246 utentes) foi vacinada através do Projeto “Vacinação descentralizada da gripe sazonal no Concelho de Caminha”.
A campanha, articulada este ano de uma forma distinta do habitual, para além de alertar para a importância da vacina da gripe, tem como objetivo salvaguardar os grupos de maior risco à transmissão do vírus COVID19. Conforme já referimos anteriormente, os interessados devem contactar a sua Junta de Freguesia e fazer a respetiva inscrição. Como também referimos, a vacina é gratuita. Até 20 de dezembro, uma equipa de enfermeiros desloca-se a cada freguesia para vacinar cada um dos munícipes inscritos.
A vacina é recomendada para determinados grupos populacionais, nomeadamente para aqueles em maior risco de sofrerem complicações, e deve ser administrada anualmente, sobretudo em pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, consideradas as mais vulneráveis às complicações da doença.