Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Município de Caminha é membro fundador da Rede de Municípios Amigos da Juventude

Município de Caminha é membro fundador  da Rede de Municípios Amigos da Juventude
18 Fevereiro 2021

O Município de Caminha é membro fundador da Rede dos Municípios Amigos da Juventude, fruto da aposta em políticas públicas direcionadas para os jovens do concelho, fomentando a participação cívica e de cidadania. Este é um trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, entre mais, em estreita ligação com as nossas Escolas, Associações Locais e com a Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ).

A Rede dos Municípios Amigos da Juventude conta já com a participação de 70 municípios e tem como missão consolidar a ligação e cooperação entre o movimento associativo juvenil e as autarquias, traduzindo-se numa rede de contacto e compromisso para a implementação de reais políticas de juventude, potenciadora de uma abordagem inovadora na forma de encarar as questões da participação jovem.

A pertença a esta Rede, pioneira na conceção, permite a implementação e avaliação de políticas locais de juventude estruturantes e sustentáveis, eleva o atual compromisso da autarquia com os jovens do nosso concelho, potenciando a criação de mais e melhores políticas amigas da juventude, por meio da partilha de boas práticas, da criação de estratégias e da promoção de sinergias associativas e municipais, que esta plataforma encerra.

Para o vereador da Juventude, Rui Lages, “a integração do Município de Caminha nesta Rede de Municípios Amigos da Juventude vem certificar que estamos no caminho certo, querendo sempre fazer mais e melhor para os nossos jovens. Queremos aprender com os restantes municípios e dar os nossos contributos para melhorar as políticas públicas de juventude, não só no nosso concelho, mas também no país.”

O vereador sublinha ainda: “juntos, Autarquia e FNAJ, continuaremos a promover as políticas de juventude como um eixo central da ação governativa do Município, numa visão transversal e intersetorial, impulsionadoras de uma emancipação condigna da juventude e de uma maior participação jovem.”