Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Câmara vai duplicar número de estudantes apoiados no ano letivo 2020/21 no ensino superior

Câmara vai duplicar número de estudantes apoiados no ano letivo 2020/21 no ensino superior
01 Março 2021

A educação estará em destaque hoje na reunião de Câmara. O Presidente, Miguel Alves, vai propor ao Executivo o aumento do número de jovens que vão beneficiar dos incentivos no ensino superior no ano letivo 2020/2021. Na prática, será proposta a duplicação do número de novos estudantes apoiados pelo Município, passando de cinco para 10. No total, porém, no presente ano letivo serão apoiados 17 estudantes, dos quais uma dezena serão novos apoios (os restantes sete transitam de anos anteriores). A reunião terá lugar segunda-feira dia 1 de março, pelas 15H00.

Anualmente, a Câmara abre candidaturas para atribuição de incentivos a estudantes do ensino superior, apoiando, para além dos beneficiários de anos anteriores, mais cinco estudantes do concelho. Contudo, este ano, o Presidente decidiu alargar esses apoios, propondo o dobro, ou seja passando para 10 o número de novos beneficiários.

Esta decisão prende-se com vários fatores; desde logo a realidade excecional atualmente vivenciada, fruto das medidas restritivas com vista à prevenção do contágio por COVID-19, com forte impacto económico nas famílias.

A proposta tem em conta ainda o facto dos candidatos admitidos a concurso apresentarem rendimentos per capita relativamente próximos e enquadrados em situação de vulnerabilidade socioeconómica, além de que os dados recolhidos em sede de entrevista revelam o visível esforço financeiro que as famílias estão a fazer para que os candidatos concluam o seu curso superior.

Neste contexto, o Presidente da Câmara vai propor que o apoio seja alargado a todos os candidatos que cumprem as condições gerais de admissão constantes no artigo 6.º do Regulamento Municipal para atribuição de Incentivos a Estudantes do Ensino Superior.

Da ordem de trabalhos faz para ainda a proposta de adesão da Assembleia Municipal de Caminha à ANAM- Associação Nacional de Assembleias Municipais, nos termos propostos pela Assembleia Municipal de Caminha.

O executivo deverá também aprovar submeter à Assembleia Municipal o concurso público para aquisição de serviços de comunicações de voz e transmissão de dados.