Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Festival POPular Inatel traz seis espetáculos com entrada livre esta semana

Festival POPular Inatel traz seis espetáculos com entrada livre esta semana
da_seiva_a_arvore
diabo_a_sete
expresso_transatlantico
gota_a_gota
omiri
a5_popular_2022_caminha_atividades_infantojuvenis_v25
programa_popinatel_cartaz
23 Maio 2022

A partir de quinta-feira nos palcos do Valadares, Teatro Municipal de Caminha, Biblioteca Municipal de Caminha e Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

É já esta semana que o concelho de Caminha vai receber o Festival POPular Inatel. São seis espetáculos, todos com entrada livre, que vão subir aos palcos do Valadares, Teatro Municipal de Caminha, Biblioteca Municipal de Caminha e Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora. O Festival abre com o espetáculo musical “SAL”, no Valadares, Teatro Municipal de Caminha, na noite da próxima quinta-feira. São quatro espetáculos musicais, a que se juntam mais dois, destinados ao público infantil.
O Município de Caminha é parceiro institucional desta iniciativa, promovida pela Fundação Inatel que pretende divulgar as práticas culturais tradicionais, no cumprimento da sua missão e enquanto entidade consultora da UNESCO para a salvaguarda do património cultural imaterial.
É uma grande oportunidade receber este Festival nos nossos palcos. E basta aparecer, de 26 a 29 nos espaços culturais que constam do programa, para ter acesso a seis momentos de garantida qualidade, uma vez que a entrada é livre.
O Festival POPular Inatel já fez sucesso em palcos de Lisboa e outros, sobretudo a sul. POPular INATEL tem por objetivo a divulgação de práticas culturais tradicionais aliando a tradição popular a novas abordagens artísticas. Há surpresas, novidades e alguns nomes bem conhecidos da Cultura e das Artes que abraçam novíssimos projetos. É o caso, por exemplo, de “Sal”, considerado “um dos mais bem guardados segredos da música portuguesa”. À bateria do João Pinheiro, à voz e à braguesa do Sérgio Pires, ao baixo do João Gil e às guitarras do Daniel Mestre com um passado comum ligado aos extintos Diabo na Cruz, juntam-se os teclados do Vicente Santos. O primeiro disco da banda que será lançado ainda este ano.
“Expresso Transatlântico” é mais uma novidade. 2021 viu nascer um dos projetos mais interessantes do atual panorama musical: o Expresso Transatlântico. Trata-se de uma nova banda lisboeta que junta Gaspar Varela na guitarra portuguesa, Sebastião Varela na guitarra elétrica e Rafael Matos na bateria lançou o seu EP de estreia homónimo no final do ano passado que tem recebido os maiores elogios do público nacional e internacional.
"Omiri" é outro dos grupos que vamos poder ver, descrito como “um dos mais originais projetos de reinvenção da música de raiz portuguesa”. Nos últimos anos, “Omiri” consagrou-se como um projeto internacional, levando toda a portugalidade aos quatro cantos do mundo e atuando nos maiores festivais nacionais e internacionais como a Womex, Reepperbahn, Eurosonic, Rudolstadt, Kaustinen, Viljandi, Dranouter, Live at Heart, Exib Musica, Iminente, WestWay
Os nossos palcos têm também encontro marcado com “Diabo a Sete”, uma banda folk-rock portuguesa que cruza ritmos, melodias e instrumentos associados à matriz tradicional, com letras e sonoridades contemporâneas.
Para os mais novos há boas propostas. A Krisálida vai apresentar “Gota a gota a água esgota”. A sinopse descreve: “E, antes de chegar ao 7º dia, o Criador achou que o planeta deveria ter um Ser Humano. Da sua criação resulta um Clown que acaba por se sentir só. Forçando o Criador a arranjar-lhe companhia, o Clown dá de caras com outro Clown ligeiramente diferente dele. Ambos irão descobrir que este planeta, outrora tão azul e tão verde, tem os seus recursos finitos”. A peça é para maiores de três anos.
Finalmente teremos “Da Seiva à Árvore”, um espetáculo-oficina, criação dos SEIVA para convidar os mais novos a conhecer melhor a música tradicional e a identidade cultural do nosso País. “Da Seiva à Árvore” quer dar a conhecer o passado musical através das canções que faziam parte do quotidiano num passado recente: “as canções ligadas aos ciclos agrícolas, às romarias, às festas. Realidade de um país mais rural que cantava, numa altura em que as grandes máquinas ainda não tinham invadido os campos”.

26 a 29 maio
POPular INATEL

Quinta-feira, 26 de maio
21H30
"SAL"
Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

Sexta-feira, 27 de maio
21H30
"EXPRESSO TRANSATLÂNTICO"
Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

Sábado, 28 de maio
15H30
"ESPETÁCULO INFANTIL"
Local: Biblioteca Municipal de Caminha

21H30
"OMIRI"
Local: Valadares, Teatro Municipal de Caminha

Domingo, 29 de maio
11H00
"ESPETÁCULO INFANTIL"
Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

15H30
"DIABO A SETE"
Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora