Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Câmara cria Serviço de Psicologia reforçando proximidade com a população

Câmara cria Serviço de Psicologia reforçando proximidade com a população
25 Junho 2022

A Câmara Municipal vai reforçar a sua política de proximidade e de resposta às necessidades dos munícipes, através da criação de um Serviço de Psicologia que atenda às necessidades locais, numa ação concertada com os demais agentes com intervenção. O Regulamento Municipal do Serviço de Psicologia do Município de Caminha entra agora em discussão pública, tendo a respetiva proposta sido aprovada na última reunião do Executivo.

A criação deste serviço vai permitir que os psicólogos na Câmara possam tratar e acompanhar situações de calamidade ou apoiar pessoas com carência económica, mas o âmbito é vasto. Conforme é descrito, o Serviço de Psicologia é um serviço público e tem como missão “a promoção do bem-estar e da qualidade de vida da população, a adoção de estilos de vida saudáveis e a diminuição dos problemas de saúde (física e psicológica), bem como a inclusão social, a promoção de boas práticas psicossociais e a redução de desigualdades, através de intervenção individual, familiar, organizacional e comunitária, baseadas na evidência científica psicológica e na garantia e salvaguarda do interesse público, através de um trabalho em rede com as instituições locais, regionais e nacionais”.

No âmbito do Regulamento, as áreas de intervenção previstas são: Programas de Prevenção e Promoção da Saúde Psicológica; acompanhamento psicológico com crianças, jovens, adultos e idosos; intervenção psicológica junto da comunidade escolar, famílias vulneráveis, crianças em risco/perigo, grupos de risco e socialmente mais vulneráveis, pessoas com incapacidade e cuidadores informais, minorias sociais e imigrantes, desempregados; capacitação da comunidade; intervenção em situações de crise ou catástrofe e consultoria na área organizacional ou de políticas comunitárias.

Na última reunião do Executivo foi ainda aprovado submeter à Assembleia Municipal o Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação de Caminha.

Conforme é explicado na proposta, foi entretanto aprovado em reunião de Câmara realizada no dia 17/11/2021 um Protocolo de Cooperação entre a Comissão para Cidadania e Igualdade de Género (CIG) e o Município de Caminha, que determina que compete ao Município “Conceber, adotar e implementar um Plano Municipal para a Igualdade e a Não Discriminação (PMIND), alinhado com a ENIND e os respetivos Planos de Ação”.

Importa salientar ainda que o Município de Caminha tem aprovada e em fase de execução uma candidatura para a “Promoção da Igualdade de Oportunidades e de Género”, no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE) - Eixo 01. Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego, do aviso POISE-22-2020-03, designado “IND Caminha: Estratégia para o Desenvolvimento e Coesão Intergeracional”, que tem como propósitos o diagnóstico, elaboração, implementação, avaliação e divulgação do Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação de Caminha.

A proposta será também submetida à aprovação da Assembleia Municipal.