Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

Feira Medieval de Caminha para visitar até domingo

Feira Medieval de Caminha para visitar até domingo
24 Julho 2014
Até domingo Caminha vive na idade média. Mercado medieval composto por cerca de 270 artesãos, taberneiros, mercadores alimentares e não alimentares; animação permanente; acampamentos medievais; oficinas, são algumas das propostas da Feira Medieval.

Até domingo Caminha vive na Idade Média. Mercado medieval composto por cerca de 270 artesãos, taberneiros, mercadores alimentares e não alimentares; animação permanente; acampamentos medievais; oficinas; cetraria real; jogos medievais; exposições; são as propostas desta XI edição da feira Medieval subordinada ao tema "arcanum mare". 

\r\n

A Feira Medieval é uma das estrelas do "verão 5 estrelas" que o Município está a levar a cabo nos meses de julho e agosto no concelho. O objetivo é catapultar o concelho de Caminha para os roteiros turísticos nacionais, isto é, fazer do concelho uma referência turística.

\r\n

Até domingo, o centro histórico de Caminha regressa à idade média com um programa de animação aliciante e convidativo: mercado medieval, animação permanente, oficinas no largo da matriz, cetraria real, jogos medievais, acampamentos medievais.

\r\n

O mercado medieval é um dos polos de atração da feira medieval. Dos petiscos medievais, passando pela cerveja artesanal, doces regionais, artesanato, joalharia, arte sacra, couro, cutelaria tradicional, trajes medievais, instrumentos musicais até aos bordados, linhos e rendas, no mercado medieval é possível encontrar de tudo um pouco. De facto, pelas várias ruas do centro histórico o visitante vai encontrar cerca de 270 artesãos, taberneiros, mercadores alimentares e não alimentares.

\r\n

Também os estabelecimentos comerciais do concelho se juntaram ao Município e aderiram ao "espirito medieval" que se vive estes dias na vila.

\r\n

Se o mercado medieval é atrativo, a animação de rua, com músicos, bobos, cavaleiros, teatro, aves de rapina, etc. não fica atrás. Ao longo dos cinco dias, a programação é atrativa e convida os visitantes a deambularem pelos vários espaços. Demonstrações de voos, bênção e pracear das aves, cortejos inaugural "Arcanum Mare", "Sancta Cum Pania" e encerramento "Mistérios do Mar", demonstração de tiro e arremesso de machado, ateliê de falcoaria, espetáculos equestres, música e dança medieval, canto medieval, baile medieval palaciano, torneio com cavalos e cavaleiros, esconjuro e queimada, são alguns dos espetáculos.

\r\n

Os dois acampamentos medievais no Largo da Matriz também convidam a uma visita. Estes espaços recriam alguns ambientes da idade média. Um dos acampamentos é composto por uma cozinha medieval, linha de tiro para o público e demonstrações de arremesso de machados. Do outro faz parte uma tenda de refeições e convívio, tendas dos cavaleiros, tenda religiosa, exposição de animais domésticos do quotidiano medieval.

\r\n

Ainda no Largo da Matriz é possível acompanhar o trabalho de vários artífices. Aqui, o visitante vai encontrar oficinas de forja, fundição, cota de malha, fabrico de velas, fabrico de flechas e mostra de armas e equipamentos do arqueiro medieval e têxtis.

\r\n

No Terreio estarão concentrados os jogos medievais que certamente farão as delícias de graúdos e miúdos.

\r\n

As associações do concelho terão também "voz ativa" na animação do certame, nomeadamente a Academia de Música Fernandes Fão, Associação Moledense de Instrução e recreio, Centro de Instrução e Recreio Vilarmourense, Grupo de Teatro de Lanhelas, Grupo de Teatro "O Cais" de Seixas, Jucaminha, Orfeão de Vila praia de Âncora, Sociedade de Instrução e Recreio Ancorense e Vira a bombar.

\r\n

Para além das várias associações, a Feira Medieval de Caminha conta ainda com a participação das Juntas de Freguesia de Concelho.

\r\n


\r\n