Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Câmara está a intervir no Lugar da Rocha em Vila Praia de Âncora

Lugar da rocha  1  1 1024 2500
Lugar da rocha  2  1 1024 2500
Lugar da rocha  3  1 1024 2500
Lugar da rocha  4  1 1024 2500
Lugar da rocha  5  1 1024 2500
Lugar da rocha  6  1 1024 2500
Lugar da rocha  7  1 1024 2500
Lugar da rocha  8  1 1024 2500
Lugar da rocha  9  1 1024 2500
Lugar da rocha  10  1 1024 2500
20 Setembro 2018

A Câmara Municipal está a intervir no Lugar da Rocha, em Vila Praia de Âncora. Trata-se de uma obra orçada em 125.440.20€+IVA, que vai por fim a inúmeros problemas de inundações. O presidente da Câmara, Miguel Alves, e o vereador com o pelouro das obras públicas, Rui Lages, estiveram ontem, no local a fim de acompanharem os trabalhos.

Para o presidente da Câmara estas obras têm grande importância: ‘a prossecução destas obras dão-me particular satisfação. Em primeiro lugar porque resolvem um problema gravíssimo de inundação de ruas e casas naquela zona; em segundo lugar, porque correspondem a um velho anseio da população da parte interior de Vila Praia de Âncora, tendo motivado um abaixo-assinado de dezenas de moradores, já em 2015; em terceiro lugar porque, mais do que torres de marfim colocadas à vista de todos mas de duvidosa utilidade, são obras como estas, se calhar menos populares, de certeza menos visíveis, que resolvem os problemas concretos das pessoas e, neste caso, os problemas concretos da população de Vila Praia de Âncora. Estamos a fazer um esforço financeiro muito grande para fazer esta obra, mas é justo que o façamos, é justo que olhemos para uma parte da freguesia que esteve esquecida durante demasiado tempo’.


Esta obra inclui intervenções na rua Jacob Afonso Martins Pinheiro, desde a rua do Bulhente até à rua de Vales. Trata-se de uma obra de grande importância para os moradores daquelas artérias, já que vai terminar com as torrentes de águas pluviais que, vindas dos montes, inundavam as ruas e as casas das pessoas.

Os trabalhos incluem a execução de uma rede de águas pluviais e repavimentação dos referidos arruamentos. Os trabalhos estão a decorrer com normalidade. A decorrer desde agosto, tudo aponta para que a obra fique concluída até ao final do ano.