Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Feira Medieval de Caminha de 24 a 28 de julho

Feira medieval 1 1024 2500
18 Julho 2019

De 24 a 28 de julho, Caminha regressa à Idade Média, com a realização de mais uma edição da Feira Medieval, subordinada ao tema “CAMINHA MONÁSTICA”. Cortejos inaugural e de enceramento “Caminha Monástica”; exposições “Caminha e as ordens monásticas/os conventos caminhenses”; “Aves de Rapina” e Acampamento Medieval”; espetáculos equestres; torneio medieval; acampamento medieval; animação de rua; mercado medieval e um programa de animação convidativo vão dar o mote a esta edição.


Em Caminha, já se ‘vive na Idade Média’. As ruas já estão decoradas para acolherem aquela que já está entre as 5 melhores Feiras Medievais do país.  Esta edição traz muitas novidades. Destaca-se a exposição “Caminha e as ordens monásticas/os conventos caminhenses” que vai dar a conhecer as comunidades monásticas que o concelho de Caminha acolheu ao longo da Idade Média, como são os casos do Mosteiro de São João de Arga, beneditino, fundado em inícios do século XII, e o Convento de Santa Maria da Ínsua (1392). A exposição estará patente nas Arcadas dos Paços do Concelho.


De realçar os cortejos de abertura e encerramento “CAMINHA MONÁSTICA” que vão mostrar a vida monástica através da representação de: “O Mosteiro como Unidade Económica” – Apanha de Bivalves (lapa, mexilhão) para alimentação / cal hidratada para construção civil / Apanha de Algas (Sargaço), Camboas para o Peixe, Salinas; “O Mosteiro e a Componente Religiosa e de Festa Popular” – Ranchos de Peregrinação a S. João D´Arga e Sta. Bárbara; “O Mosteiro e a Caridade” — Enfermaria, Apoio aos Pobres e Acolhimento de Peregrinos; “O Mosteiro como Centro de Cultura e Educação” – Oficina dos monges copistas, códices, iluminuras (scriptorium); Escolas monásticas; a Regra de São Bento. Os cortejos ainda contam com a participação das Juntas de Freguesia, Associações e Grupos do concelho de Caminha. Além dos figurantes, cavaleiros, músicos, alquimistas, trovadores, malabares de fogo, gentes do povo e nobres em cortejo.


Na Feira Medieval de Caminha, o mercado medieval é atrativo, composto por mercadores, taberneiros e artesãos. Aqui, o visitante vai encontrar os mais variados petiscos medievais, produtos aromáticos, bijuteria, artesanato, couro, brasões de família, brinquedos medievais, entre muitos outros artigos.


As aves de rapina, um dos polos de atração da feira, darão ‘vida’ ao Terreiro. Aqui, o visitante poderá admirar a exibição de aves de rapina diurnas e noturnas, materiais de falcoaria artesanal, exposição de ovos reis e plumas de variadíssimas espécies.


O Adro da Igreja Matriz vai servir de cenário ao acampamento medieval, completamente diferente de edições anteriores. Vai ser recriado o quotidiano de um acampamento medieval, com os seus ofícios e as lavouras do dia a dia, assim como as atividades de treino na lide das armas.


Durante os cinco dias, a programação é convidativa: animação de rua contínua com alquimistas, teatro de rua, exibição de voos de aves de rapina, danças orientais; espetáculos equestres, espetáculos de fogo, torneio medieval, danças do povo, são as pospostas para esta edição.
Na quarta-feira, a partir das 18H00, a animação é constante. Destacamos o Cortejo Inaugural “CAMINHA MONÁSTICA”, pelas 22H00.
Na quinta e sexta-feira, a animação a partir das 18H00 é constante.


No sábado, o ponto alto é o torneio medieval com cavalos e cavaleiros, nas Muralhas do Convento.


A feira encerra domingo, com o Cortejo de Encerramento “CAMINHA MONÁSTICA”.