Passar para o Conteúdo Principal
Top
Logótipo
  • Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • RSS feed

Andainas pelo Trilho do Litoral Norte foram sucesso e nem a chuva assustou os participantes

Andainas pelo Trilho do Litoral Norte foram sucesso e nem a chuva assustou os participantes
caminhada191122__11
caminhada191122__13
caminhada191122__15
caminhada191122__20
caminhada191122__21
caminhada191122__25
caminhada191122__28
caminhada191122__33
21 Novembro 2022

As previsões atmosféricas desfavoráveis, que acabaram por se cumprir sábado, com ocorrência de chuva, não foram suficientes para desmotivar os participantes no que acabou por ser o terceiro percurso das Andainas 2022 de outono. Os entusiastas destas caminhadas, maioritariamente espanhóis, cumpriram o Trilho do Litoral Norte, entre Viana do Castelo e Caminha, com entusiasmo. Este deveria ser o último de quatro percursos, mas houve um adiamento e, assim, ainda é possível fazer a inscrição para o Trilho do Rio Âncora – Caminha, que deverá cumprir-se a 3 de dezembro.
Capas impermeáveis, chapéus de chuva um sorriso nos rostos. No último sábado, não houve chuva que afastasse dos planos que tinham sido traçados os participantes mais teimosos, que não perdem as Andainas, neste caso as de outono, quatro no total, organizadas conjuntamente pelos municípios de Caminha e A Guarda.
O último percurso ligou, pela orla costeira, os concelhos de Viana do Castelo e Caminha. Os participantes, dentro do que as condições permitiram, percorreram a Ecovia do Litoral Norte, com praias, geossítios, campos agrícolas, Fortes e moinhos de vento. O percurso terminou junto ao Forte do Cão, na freguesia de Âncora, e com uma visita ao monumento.
Recorde-se que em 2022 foi retomado o projeto que une as duas margens do rio Minho: as “Andainas”/Caminhadas regressaram em abril, depois da interrupção ditada pela pandemia. Foram quatro as propostas da edição primavera / verão e agora, nas de outono, houve mais quatro, três já cumpridas.
Duas das propostas de outono desenvolvem-se no território do Alto Minho e outras duas na Galiza. Falta apenas realizar o Trilho do Rio Âncora – Caminha. Com início em de São Lourenço da Montaria, aldeia situada na base do maciço rochoso da Serra d'Arga, no concelho de Viana do Castelo, o percurso percorrerá o vale do rio Âncora, até à freguesia de Riba de Âncora, no concelho de Caminha.
A “proposta” fala de um passeio por entre ribeiras, cascatas, moinhos de água e pontes, em que será possível apreciar áreas do Sítio de Interesse Comunitário “Serra de Arga”, que incluem habitats naturais e seminaturais, com espécies da fauna e da flora de conservação prioritária, bem como conhecer o valioso património cultural de núcleos rurais típicos do Vale do Âncora, como Amonde, Orbacém e Gondar.
O tipo de percurso é pequena rota, linear, de âmbito ecológico / paisagístico. Tem como ponto de partida São Lourenço da Montaria (Serra d'Arga) - Viana do Castelo e como ponto de chegada Riba de Âncora – Caminha. A distância é de cerca de 15 quilómetros e a duração prevista de pouco mais de cinco horas, em grau de dificuldade médio / moderado.

As “Andainas” são uma iniciativa conjunta dos municípios de A Guarda e Caminha, de inventivo à união e intercâmbio entre os povos das duas margens do rio Minho, e de promoção da riqueza histórica, cultural, paisagística, ambiental, económica, etnográfica e humana da Galiza e do Alto Minho. O custo de inscrição é de 10 euros por participante, e inclui transporte e seguro. Os interessados podem inscrever-se através do link Andainas Outono 2022 - Google Forms.

https://docs.google.com/forms/d/1Xxh2wBTSZnjGpjztLCVWFLgL8j3e05BKZKgnMYb5XlQ/viewform?edit_requested=true&fbclid=IwAR0r_DancNhULTEXkrSlgUcQHIEtoo4kD34JgNuOuxjVzU4B-3lbELYOI54

Para mais esclarecimentos podem contactar através do mail ambiente@cm-caminha.pt, ou dos tel. 258 721 708 e 914 476 461.